domingo, 18 de setembro de 2011

Primeiros pitacos sobre o Windows 8

Na conferência BUILD2011, a Microsoft promoveu entre 13 e 16 de setembro uma série de palestras a respeito do futuro Windows 8, incluindo a versão Server.

Todos os vídeos estão disponíveis online, em formato MP4 (H.264) para navegadores que suportam, ou para download, inclusive em WMV (VC-1) HD.

Assisti a duas palestras que comentarei brevemente.

8 traits of great Metro style apps

Aqui é demonstrada com mais detalhes a interface Metro, herdada do Windows Phone 7, que será a nova cara do Windows 8. Apesar do desktop tradicional continuar existindo, ele será colocado meio de lado e tende a virar legado.

Assistindo ao vídeo, confesso que existem ideias boas. É inegável que a experiência do usuário é facilitada e que está bonito pacas. Contudo, como o próprio palestrante comenta, no início, no momento que ele mostra a interface atual do Photoshop, existem aplicativos que podem ser muito difíceis, ou impossíveis, de serem adaptados à nova interface. Como Thom Holwerda do OSNews comenta, como que um aplicativo de produção como o Microsoft Office ficaria na interface Metro?

Talvez não seja impossível. Porém enquanto não aparecerem exemplos de programas complexos portados com sucesso para a interface Metro fico com as barbas de molho.

Delivering a secure and fast boot experience with UEFI
Delivering fast boot times in Windows 8 (blog "Building Windows 8")

Depois do marasmo pós-XP e do conturbado ciclo de desenvolvimento do Windows Vista, a partir do Windows 7, a Microsoft aprendeu novamente a desenvolver software -- leiam o post Windows 7 Reflections… do Larry Osterman, funcionário da empresa, a respeito do desenvolvimento do Windows 7.

E o trabalho na melhoria na velocidade de boot é impressivo! E muito interessante! Hibernar apenas o kernel (encerrando todo o resto) foi uma excelente sacada.

O vídeo comenta sobre os firmwares EFI (agora UEFI). Logo que eles começaram a ganhar atenção, eram considerados os salvadores da lavoura (e talvez ainda sejam). Contudo, depois que eu descobrir o trabalho de Matthew Garrett, funcionário da Red Hat e um dos caras que está trabalhando para fazer o Linux rodar em harmonia com UEFI, percebi que nem tudo são flores.

Sobre o vídeo, três coisas:

- Serão os fimrwares UEFI com Secure Boot o fim dos loaders que são responsáveis por ativar os Windows piratas?

- Secure Boot não será um pesadelo para quem quiser rodar Linux, BSDs e similares? (UEFI and "secure boot", LWN.net)

- Ainda teremos versão x86-32 no Windows 8? Na posição 30:00 do vídeo, o palestrante deixa em aberto a existência de uma "versão 32-bit"... Como o Windows 8 terá versão ARM, que hoje é uma arquitetura 32-bit, pode ser isso...

ATUALIZAÇÃO

Novo post de Matthew Garrett a respeito do "Secure Boot" e o possível impacto para SOs não-Windows:

UEFI secure booting

Nenhum comentário:

Postar um comentário