terça-feira, 18 de outubro de 2011

Windows NT, o primeiro sistema operacional da Microsoft

Windows NT 4.0 Workstation
Windows 95 OSR2 e Windows 98 (primeira edição)

Como eu queria ter tido a oportunidade de usar o NT 4.0 pelos idos de 1996. Teria me poupado uns cinco anos de sofrimento com o Windows 95 e 98. Não lembro ao certo quando foi, mas lá por volta de 2001 passei a usar o Windows 2000 — o sucessor do NT 4.0. Não precisou de muito tempo para notar a diferença na estabilidade. Até hoje eu lembro da felicidade que era recorrer tranquilamente ao gerenciador de tarefas quando algum aplicativo dava pau, sem interromper nenhum dos demais programas em uso nem correr o risco do sistema inteiro travar como era comum nos 9x. É uma robustez mínima, o básico que um sistema operacional tem que oferecer, mas quem, como eu, começou usando Windows 9x sabe do que estou falando.

Links sobre a gestação e nascimento do Windows NT, cuja primeira versão, 3.1, foi lançada em 1993:

http://www3.sympatico.ca/n.rieck/docs/Windows-NT_is_VMS_re-implemented.html
http://www.winsupersite.com/article/windows-server/windows-server-2003-the-road-to-gold-part-one-the-early-years-127432
http://www.windowsitpro.com/article/windows-2000/windows-nt-and-vms-the-rest-of-the-story
http://en.wikipedia.org/wiki/Windows_NT

David Cutler foi contratado por Bill Gates depois da DEC desistir do projeto Prism, do qual Cutler era líder, que, na parte do software (projeto Mica), portaria o VMS para rodar na arquitetura RISC que seria criada (Alpha).

Cutler, então, trouxe para Microsoft, em 1988, boa parte do seu time e começou o desenvolvimento do novo sistema operacional. Nesta época, a Microsoft tinha a parceria com a IBM no desenvolvimento do OS/2 e, inicialmente, planejava lançar o "OS/2 NT", que consistia no kernel NT com a API do OS/2. Até que a Microsoft decidiu largar de mão o OS/2 e colocar a API do Windows no lugar (uma versão 32-bit da API do Windows 3.0), dando origem ao Windows NT e enterrando a parceria com a IBM.

Durante o restante da década de 90, o Windows NT foi uma linha separada de produtos, destinada ao mercado corporativo, enquanto os usuários domésticos aguentavam as tranqueiras dos Windows 3.x, 9x. Só em 2001, com o Windows XP, a empresa fundiu as duas linhas e a partir daí todos os Windows passaram a ser baseados no NT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário