domingo, 24 de fevereiro de 2013

MP3 nos Panasonic SC-AK330 e SC-AKX50


SC-AK330LB-S, SC-AKX50LB-K

Logo de cara, a diferença notável entre os dois é o primeiro pesar bem mais. Boa chance de ser devido ao transformador da fonte linear e a maquinaria para os decks de fitas cassete. O segundo é um projeto mais novo, que usa fonte chaveada. Lembre: aparelho de consumo.

Ambos tocam MP3. O SC-AK330 é limitado pois você depende de CDs para escutar os arquivos, enquanto o SC-AKX50 possui uma porta USB, além da memória interna de 2 GiB, e a capacidade de "gravar" em MP3, tanto para a memória interna quanto USB, áudio proveniente do CD e do rádio. Ele também permite copiar arquivos da porta USB para a memória interna. Lê FAT e FAT32.

No SC-AK330, o trabalho de decodificação de MP3 é feito pelo IC7002, o processador responsável pela unidade do CD.

No SC-AKX50, é mais interessante. A parte responsável pela (de)codificação de MP3 está no "RIPPING AUDIO LSI" (IC801) presente na "placa Jupiter". Este processador comunica-se com IC701, uma flash ROM que armazena o firmware do sisteminha. A RAM é o IC751 e a memória interna é o IC760. Conversores A/D (gravação) e D/A (reprodução) são dedicados, IC551 e IC552, respectivamente.

Para gravação, o conversor A/D é usado para o rádio apenas. Se não me perdi no esquema, ao gravar do CD, o sinal digital é usado diretamente vindo do IC7001 (processador da unidade do CD) sem desnecessárias conversões D/A, A/D, da mesma forma quando escutamos MP3 gravadas num CD.

Minha curiosidade é saber de qual arquitetura é a CPU que lida com MP3 (IC801). ARM, MIPS, M68k? Se fosse para chutar, pelos nomes dos pinos no esquema, parece ser ColdFire, da Freescale (M68k modificada).

Podemos configurar três bitrates CBR: 128, 192 e 320 kbps. Em 128 kbps a qualidade é ruim. Nos dois bitrates maiores, não consegui diferenciar (teste rápido, nada de ABX).

Amostras (FLAC): ORIGINAL (3,28 MiB), 128 (2,89 MiB), 192 (3,02 MiB), 320 (3,25 MiB)

Manual de serviço: SC-AK330LB-S (13,7 MiB), SC-AKX50LB-K (8,97 MiB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário