sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Malditos BIOS Award da Gigabyte

As placas-mãe das Gigabyte do tempo do Core 2 Duo (~2006-2008) que usam BIOS Award são cheias de frescuras para iniciar por USB. Das que lembro: GA-945GCM-S2C e GA-945GZM-S2. Se não me falha a memória, a série posterior baseada no Intel G31 também é assim, como as populares GA-G31M-ES2L e GA-G31M-S2L.

Gigabyte GA-945GCM-S2C + USB-HDD + GRUB4DOS = fail

Ao instalar o GRUB4DOS, uso --mbr-disable-floppy, pois é a recomendação para evitar problemas com BIOS que eventualmente digam para o bootloader que existe o drive quando na verdade não está presente. As distribuições Linux usam configuração similar no GRUB faz um bom tempo. Talvez seja por isso que não funcione, já que aparentemente essas Gigabyte usam emulação de disquete ao iniciar pelo pendrive — não testei sem a opção, entretanto.

Habilitar "Legacy USB storage detect", em "Integrated Peripherals", não ajuda.

BIOS da mesma época da AMI são capazes de iniciar sem dores de cabeça por qualquer tipo de pendrive, como os usados nas Asus P5GC-MX e P5KPL-AM.

2 comentários:

  1. Deve ser alguma coisa com a Gigabyte mesmo. EU tenho uma Asus A8V-E SE, que tem BIOS Phoenix Award, e nunca tive problema para inicializar via USB. Dá até mesmo para fazer a inicialização via cartão de memória. É só colocar na porta USB, apertar F8 na inicialização e e selecionar.

    ResponderExcluir