sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Gnome Shell funcionará sem aceleração 3D no Fedora 17

Ontem eu já havia lido o email de Adam Jackson na lista de discussão do Fedora a respeito, que em seguida foi noticiado no Phoronix.

GNOME Shell Now Works With Software Rendering! (Phoronix)

GNOME Shell will soon work without a 3D graphics driver (The H)

Com drivers que não possuem suporte ao OpenGL, o mesmo será provido através do driver llvmpipe, que faz o trabalho na CPU. Não é o mesmo desempenho do suporte nativo, mas o suficiente para ter os efeitos do Gnome Shell. Desta forma, a experiência do usuário é uniformizada.

Apesar de na página da especificação do Fedora dizer que o modo Fallback continuará, para os casos onde o llvmpipe também seja problemático (omelete sempre involve quebrar ovos...), eu não vejo futuro para ele a médio prazo. O modo Fallback nunca teve o objetivo de ser "um resquício do Gnome 2 para quem não gosta do Shell". Não. Ele é apenas um quebra-galho para hardware que não suporta o Gnome Shell.

Tendo o Gnome Shell sendo capaz de rodar nestes hardwares, o modo Fallback perde seu propósito de existir e tende a desaparecer. Exatamente o que diz Adam Williamson. Esperemos para ver o que vai acontecer...

Nenhum comentário:

Postar um comentário