domingo, 13 de dezembro de 2015

Script para restauração com o FSArchiver (atualização II)

Na luta (fracassada) tentando ter o driver nativo da placa de vídeo pré-histórica, me deparei com uma imagem do openSUSE 13.1 que depois de restaurada com meu script não iniciava num hardware totalmente diferente de onde havia sido feita. O 13.1 foi a última versão a usar o mkinitrd, um gerador de initramfs in house da distribuição. Ao contrário do dracut, que, mesmo em seu modo "HostOnly", costuma iniciar em máquinas diferentes, o criado pelo mkinitrd nem se prestou a cair pelo menos num shell de recuperação.

Então decidi fazer o script regerar o initramfs dos quatro: Fedora, CentOS, openSUSE e Debian. Isso deve resolver definitivamente a questão e não será mais necessária providência especial antes de criar a imagem. O único requerimento continua sendo usar UUID no fstab, configuração recomendada há muito tempo e padrão na maioria das distribuições.

Script para restauração com o FSArchiver

Nenhum comentário:

Postar um comentário