domingo, 18 de outubro de 2015

PC faz o quê?

Nova campanha publicitária (EUA apenas, eu acho) de alguns fabricantes do ecosistema dos PCs estimula o pessoal trocar as velharias, tendo como foco os notebooks. Consumidores que talvez tenham posto o upgrade de molho por causa do desastre chamado Windows 8.

Antes disso, caros fabricantes, você precisam de uma plano para aposentar o componente mais obsoleto, que mais causa frustração mesmo na melhor das configurações: disco rígido.

Este comentário da notícia do The Tech Report resume exatamente o que penso:
How to stimulate replacement sales without goofy advertising:
1) Make SSDs baseline across the consumer lines
2) Charge reasonable amounts for RAM upgrades and discrete GPUs (instead of a 300+% markup)
3) Skip the bloatware that makes a 2015 PC feel like a 2005 PC
É a receita que a Apple segue faz tempo (2011) — só que com altas margens de lucro. A Microsoft na sua linha Surface Pro também abandonou felizmente os HDDs. Daí vão Dell, HP, Lenovo, vender aparelhos supostamente premium com disco rígido dentro. É dose para mamute. Deixem os discos rígidos para os CCE e Positivo! E o que é feito nas máquinas Microsoft Signature deveria ser regra na indústria. Chega de agregar lixo.

Claro, aqui no país dos preços absurdos está fora de cogitação. Nosso mercado não serve como referência para nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário