sábado, 27 de julho de 2013

data=writeback no EXT4

O kernel não permite alterar o modo padrão data=ordered para data=writeback com um mount -o remount. Detalhe ingrato é que systemd do initramfs*, antes do pivot_root, monta o sistema de arquivos raiz sem opção alguma em somente leitura, desconsiderando /etc/fstab, para depois remontá-lo em leitura/escrita, desta vez interpretando as opções do arquivo. Então, ao colocar data=witeback no /etc/fstab, se o sistema de arquivos em questão for o /, não iniciará mais.

A melhor solução é usar um recurso presente nos sistemas de arquivos EXT que permite armazenar algumas opções de montagem nos superblocos dos mesmos. Assim, se mantivermos o defaults no /etc/fstab, desde o initramfs será montado com a opção correta.

Para fazê-lo, portanto, deixe /etc/fstab quieto e use o tune2fs:

# tune2fs -o journal_data_writeback <dispositivo>

Agora dará para reiniciar sem medo.

Para desfazer:

# tune2fs -o ^journal_data_writeback <dispositivo>

O modo writeback afrouxa a ordenação entre a gravação dos dados e a atualização do journal, dando melhor desempenho.


* Outras ferramentas geradoras de initramfs, mesmo as que não usam o systemd, comportam-se da mesma maneira. Não existe uma cópia do fstab no initramfs e a forma como ele é instruído a montar o sistema de arquivos raiz é através de opções de boot.

Nenhum comentário:

Postar um comentário