segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

É... teremos Windows 8 x86-32

Com a recente burrada da HP de ter acidentalmente listado as versões suportadas por um driver de um de seus produtos, temos provavelmente a (já esperada) confirmação que o Windows 8 terá versão x86-32.

Falta entender o motivo. O Windows 8 era o lançamento ideal para matar o suporte a x86-32 nos desktops e estações de trabalho. Fazer o mesmo que o Server 2008 R2 fez anteriormente na linha para servidores. A maioria dos programas 32-bit funciona na versão 64-bit e o hardware mínimo requerido (na prática, não o oficial) para x86 deixa de fora plataformas sem um processador 64-bit. Na pior das hipóteses, o Windows 7 x86-32 estará conosco até 2020.

Quando você pensa em máquina low end velha, hoje, o que lhe vem à cabeça? Eu penso num Celeron Conroe-L ou Sempron K8 (2005~2006), ambos processadores x86-64. Qualquer coisa anterior não tem poder de fogo suficiente para rodar o Windows 7 nem o futuro Windows 8.

Obrigado, Microsoft, por manter a moribunda arquitetura x86-32 viva por mais alguns anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário