domingo, 25 de setembro de 2011

Mudanças no Fedora 16 (I)

O serviço cpuspeed, que até o Fedora 15 era o responsável por ativar no kernel o escalonamento de frequência quando suportado pelo processador (ver post Modos de escalonamento de frequência), desapareceu. Agora, no Fedora 16, o kernel é compilado com todos os drivers correlatos embutidos e configurado para usar ondemand por padrão, sem necessidade do espaço de usuário fazer nada. Um serviço a menos!

Para quem por algum motivo específico quiser outro modo de escalonamento de frequência (conservative, performance, powersave) configurado automaticamente durante o boot, o pacote kernel-tools, que não vem instalado por padrão, cuida disso agora. Então, se precisar, instale-o e ajuste a configuração em /etc/sysconfig/cpupower

# See 'cpupower help' and cpupower(1) for more info
CPUPOWER_START_OPTS="frequency-set -g performance"
CPUPOWER_STOP_OPTS="frequency-set -g ondemand"

substitua performance pelo modo que você quiser e depois habilite o serviço:

# systemctl start cpupower.service
# systemctl enable cpupower.service

Contudo, na maioria dos casos, ondemand é o recomendado e você não precisa mexer em nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário